segunda-feira, 6 de maio de 2024

Barkley Marathon 2024, eu estive lá !!! por Pedro Luiz Cianfarani – Parte II Preparação


Nesta parte quero mostrar um pouco do meu preparo e por se tratar de uma prova que pouca coisa sabemos acaba dificultando o preparo, mas junto com meu irmão Beto Cianfarani procuramos traçar a melhor estratégia e claro que coube a ele preparar minha musculatura com uma série específica para suportar a incrível altimetria que iria enfrentar, bem como minhas rodagens durante a semana que por sinal estava bem preenchida com folga apenas na sexta feira e embora tinha uma ideia que seria chamado intensifiquei mesmo os treinos nos 4 meses que antecederam a prova.

Como a prova ocorre em um parque sem marcação, estrada ou trilha precisei da ajuda do mestre em trail no Brasil, o André Lima que me ensinou o básico até porque não daria tempo de me tornar um especialista no assunto, mas com a ajuda da turma dos Guerreiros Trail consegui uma boa base para enfrentar o Frozen Head State Park e pude conhecer muitas trilhas por São Paulo que nunca imaginava.

Na parte nutricional quem me acompanha é o Reinaldo Tubarão Bassit (não precisa de apresentação) e fizemos alguns ajustes que antecederam a prova bem como o tão aguardado dia afim de chegar mais leve e mais forte para enfrentar as montanhas do Tennessee e confesso que não foi nada fácil, mas o que foi fácil nesta prova? 

E não é que teve algo fácil na preparação !!! rsrsrs  , os profissionais que me ajudaram a suportar toda esta maratona de treino. Na massoterapia ficou por conta do Élcio Alexandre que conseguia trazer de volta minha musculatura depois de eu maltrata-la. Para trazer o equilíbrio do corpo o grande amigo Dicler fez sua magia com suas agulhas na acupuntura e com certeza afirmo ser fundamental para o preparo.

Como falei anteriormente por não possuir marcação para se localizar sendo necessário se orientar por bússola e não ter nenhuma noção a respeito precisei estudar e estudar muito, a princípio me assustei mas hoje com a internet as coisas ficam mais fáceis, acabei buscando muitas aulas por vídeo e apostilas e para me ajudar com as dúvidas contei com os amigos Robson Saes e Anselmo Anjos me ajudando assim colocar a teoria na prática.

Durante minhas rodagens semanais sempre contei com os Ultraloucos que nunca deixaram os treinos caírem na rotina deixando nossas rodagens sempre divertidas e preciso falar de uma pessoa em especial
minha companheira Claudia que sempre esteve ao meu lado me apoiando e incentivando onde muitas vezes com tanto treino só nos víamos para dormir.


Assim foi um pouco da minha preparação onde cheguei a falar que nesta competição tudo iria tentar te tirar da prova pela sua dificuldade onde pouco mais de 1% dos atletas TERMINARAM a prova, assim a única coisa não usaria como justificativa é que não me preparei para prova.

Agora sim vem a parte mais divertida, como foi a corrida .... Mas isso fica para próxima parte.

Aguardem .....

Treinador – Beto Cianfarani - instagram.com/beto_cianfarani/

Trail – Andre Lima - instagram.com/andrelimatrilhas/

Guerreiros trail - instagram.com/guerreirostrail/

Nutricionista – Reinaldo Tubarão - instagram.com/reinaldotubarao.phd/

Massoterapeuta – Élcio Alexandre - instagram.com/elcioalexandreda/

Acupuntura – Dicler Agostinetti - instagram.com/dicleragostinetti/

Robson Saes  - instagram.com/robsonsaes/

Anselmo Anjos - instagram.com/anselmoanjos/

 

sexta-feira, 5 de abril de 2024

Barkley Marathon 2024, eu estive lá !!! Por Pedro Luiz Cianfarani - Parte I Condolências

 

Depois de 6 anos desvendando os segredos para entrar na mais icônica das corridas finalmente recebo a tão aguardada carta de” condolências”, sim esta e a forma que somos convidados a participar da Barkley Marathon, me tornando o 2º brasileiro a receber este convite, segue trecho da carta “saudações; Eu lutei e lutei para descobrir a melhor forma de dar essa notícia a você. Procurei em minha alma alguma maneira de suavizar o golpe por alguma maneira de aliviar a sensação de desgraça e mau pressentimento isso certamente irá se instalar em sua mente como uma névoa densa e congelada. Por alguma maneira de evitar o frio glacial que permeará seu coração como uma chuva gelada e congelada...mas não há realmente nada a fazer a não ser expor:

É meu lamentável dever informá-lo que você foi selecionado para correr nas maratonas Barkley de 2024...

Deixa falar um pouco de como é esta corrida que foi inspirada depois que o detento James Earl Ray preso pelo assassinato de Martin Luther King e estava cumprindo pena na Penitenciaria Estadual de Brusky Montain – Tennessee, conseguiu escapar e em 56 horas foragido não conseguiu sair mais que 13 km do presidio, assim em 1986 diante deste fato um grupo de corredores começaram a criar a Barkley Marathon e por muitos anos não houve concluintes, até que alguém conseguiu finalizar mostrando ser possível sua finalização, claro que em todos estes anos muita coisa mudou sempre para deixa-la mais difícil, uma prova disso é que em todos estes anos apenas 20 atletas conseguiram concluir.

A dificuldade começa para conseguir ser convocado, pois não possui um site para obter qualquer informação e para conseguir a convocação é um verdadeiro jogo de investigação, antes mesmo de receber a carta de “condolências” recebemos um convite para entrarmos em um grupo de Facebook privado onde receberemos informações e o grupo tem uma regra muito simples sigilo total.

Se conseguir passar por esta fase de convite se prepare que irá participar de uma das corridas mais difíceis que existe onde tudo é feito para que você não a complete, o caminho não é demarcado precisamos nos orientar por bússola por um circuito de 30 a 40 km cada volta num total de 5 voltas e cada volta é num sentido, ou seja 1ª volta sentido horário, 2ª volta sentido anti-horário e assim por diante.

Para provar que passamos pelo caminho correto alguns livros são escondidos, onde devemos encontra-los e destacar a página correspondente ao nosso número de peito, este ano tivemos que encontrar 15 livros pelo caminho. Quem conseguir completar a volta ou Loop vai entregar seu número de peito junto das 15 páginas e depois de conferido você recebe um novo número de peito e pode abrir uma nova volta.

Não podemos usar qualquer tipo de GPS apenas mapa e bússola, o caminho só saberemos algumas horas antes da largada quando é fixado um mapa em uma mesa após entregarmos 1,60 dólares, uma placa de carro do meu país e um presente para o organizador que este ano foi um par de meias de lã.

Também não sabemos qual a hora da largada apenas somos informados o dia, assim devemos ficar acampados no Park e aguardar o toque de uma concha e após este toque teremos 1 hora para nos preparar para a largada, mas antes retirar o relógio fornecido pela organização para garantir que ninguém utilize GPS e quando icônico Lazarus Lake acender seu cigarro a corrida começa com seus mais de 3000 m de altimetria acumulada por volta e 16000 m nas 5 voltas, equivalente a subir 2x o Evereste.

Nesta parte procurei falar um pouco sobre a prova por ser muito diferente das que estamos acostumados a ver e se apenas começas a falar da preparação e como foi minha participação muitos não iriam entender, então aguardem as próximas partes deste desafio que com certeza ficou marcada na minha vida.