quinta-feira, 16 de julho de 2015

Os Ultraloucos nos 235 km da Ultramaratona dos Anjos... veja como foi!

No dia 03 de julho de 2015, às 8 horas da manhã, deu-se o início da terceira Ultramaratona Internacional dos Anjos na cidade de Passa Quatro, num total de 235 Km pelos terrenos montanhosos da belíssima Serra da Mantiqueira.
Em 28 horas e 20 minutos conseguimos, dessa vez em quarteto, e que eu diria sem modéstia um quarteto fantástico, um brilhante quinto lugar. A equipe foi perfeita, com um misto de seriedade e descontração.
Formada pelo Gecier, Parreira, Pedro e eu (Dicler), todos sem exceção deram o máximo e quando não estávamos correndo estávamos apoiando de perto o atleta que se encontrava na estrada. Corremos o tempo todo sem parada, fazendo mudanças na estratégia conforme a variação do terreno em questão.
Quero destacar aqui a atuação do Pedrinho na Serra do Papagaio, um lugar de extrema dificuldade com um terreno muito irregular de subidas e descidas íngremes e escorregadias. Foram aproximadamente 30 Km em aproximadamente 4 horas.
Gecier, que mandou muito bem, correndo como um corisco, tanto nos aclives como nos declives.
Parreirinha que mesmo sem treinar foi muito bem, principalmente nas descidas, um verdadeiro rolo compressor.
Eu também me esforcei o máximo e consegui ir mais do que bem.
Os períodos de parada foram fundamentais para a recuperação da equipe e contribuíram para a melhor performance de cada um.
Já no trecho final, na subida da última montanha, avistamos a equipe que estava na nossa frente em quinto lugar. Estavam "quebrados" e conseguimos passar por eles com facilidade, atingindo assim o nosso objetivo. Terminamos assim, a prova no dia 04 de julho ao meio dia e vinte.
Foi uma prova feita com inteligência em que todos corremos com uma só estratégia, um só objetivo: o espírito de equipe em primeiro lugar. Sempre avante, sempre.


2 comentários:

  1. Em regra, as provas em revezamento nos trás enorme responsabilidade para com as cores da equipe ou grupo, assim, o sentido de doação, a sinergia entre os atletas, a amizade, o entusiasmo e a superação, são ingredientes indispensáveis, que ajudam no tempero da meta alcançada.

    Parabéns a Equipe Ultraloucos pela performance alcançada.

    Forte abraço,

    Dionísio Silvestre
    http://correrpurapaixao.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir